EM DESTAQUE

.................................................................................................................................................................

19/07/16

EX-FUNCIONÁRIOS DA METROBUS NA MIRA DA POLÍCIA FEDERAL POR SUPOSTA FRAUDES NA PREVIDÊNCIA



A operação Segundo Princípio desenvolvida pela Polícia federal, deflagrou, na manhã desta terça-feira (19/7), operação para desmontar esquema de recebimento irregular de benefícios previdenciários por ex-funcionários da empresa estatal de transporte coletivo Metrobus.

Os federais cumprem 45 mandados judiciais em todo Estado, sendo 28 de condução coercitiva e 17 de busca e apreensão, nas cidades de Goiânia, Santa Bárbara, Trindade, Senador Canedo, Indiara, Cachoeira de Goiás e Terezópolis.

A operação busca identificar integrantes da organização criminosa responsável pelo esquema facilitador de aposentadoria por invalidez dentro da empresa de transporte público.

A denúncia revelou uma lista de 32 nomes de titulares de benefícios. Advogados, motoristas do Metrobus e até empresários recebiam os benefícios de auxílio doença e aposentadoria por invalidez de maneira fraudulenta.

Em um dos casos, um motorista aposentado da Metrobus, trabalha atualmente como taxista, em Goiânia.



A Polícia Federal acredita que os fraudadores atuem há mais de quinze anos no esquema,  causado aos cofres da Previdência um prejuizo de R$ 5,7 milhões de reais. 

No entanto a desarticulação do esquema criminoso proporcionou uma economia estimada de R$ 7,8 milhões, considerando a expectativa de vida média da população brasileira.

Os investigados poderá responder pelos crimes de estelionato, falsificação de documento público, falsidade ideológica e uso de documento falso.

Em nota, a Metrobus informou que ainda não recebeu "nenhuma notificação oficial da Polícia Federal em relação a Operação Segundo.

Diário Goiás News/G1/Mais Goiás
Foto Reprodução Net

18/07/16

VAGAS DE EMPREGO PARA HOJE

Para quem está a procura de um emprego o Sine Estadual disponibiliza 53 vagas nesta segunda-feira (18). 

Interessados devem comparecer aos locais de atendimento do Sine em Goiânia ou Região Metropolitana, instalados nas unidades do Vapt Vupt, munidos de carteira de trabalho, documentos pessoais e comprovante de endereço.

As vagas são:

Agente de transporte. Promotor de Vendas. Auxiliar de Limpeza. Pedicure. Tratorista Agrícola. Operador de Extrusora. Conferente de Serviços Bancário. Mecânico Eletricista de auto. Mototaxista


Diário Goiás News/Goiás Agora



16/07/16

500MIL PESSOAS SÃO SUSPEITAS DE TERRORISMO NO BRASIL


Segundo os órgãos de segurança e defesa nacional afirmam que existe no sistema cerca de 500 mil pessoas identificadas como envolvidas ou suspeitas de ter qualquer relação com o terrorismo. 

Essa lista foi feita a partir de informações de órgãos de inteligência nacionais e internacionais. 

O ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional, Sérgio Etchegoyen, afirmou nesta sexta-feira, em Brasília, que o planejamento de segurança da Rio 2016 será revisto. 

A medida foi tomada após o atentado em Nice, na França, que matou pelo menos 84 pessoas e deixou 202 feridas.

Eduardo Paes prefeito do Rio, afirmou que a população deverá se preparar para " contingências "na área de segurança.

Amanha (17), cerca de 2 mil agentes das forças de segurança federais, estaduais e municipais estarão no 3º Simulado das Operações de Segurança da cerimônia de abertura dos Jogos. A ação ocorrerá na Barra, Zona Sul, Centro e Maracanã.

Até o dia 21 de julho haverá treinamentos com tropas e helicópteros na cidade para a preparação das ações de Defesa e Segurança dos Jogos, com deslocamento de militares pelas vias e aumento do fluxo aéreo.

 O Ministro da Defesa, Raul Jungmann, no Rio falou sobre a criação de mais barreiras para a revista do público. Ele adiantou que haverá reforço nos três níveis para se chegar aos locais de competição: identificação, checagem a um banco de dados internacional com cadastro de suspeitos de terrorismo e scanner.

O professor de Negociação e Resolução de Conflitos da FGV, Yann Duzert, afirmou ser preciso 
reforçar a segurança nas arenas e em espaços públicos para evitar ataques terroristas.


Diário Goiás News/WSCOM

TERRORISMO/ FORÇA NACIONAL TERÁ QUE SUBMETER A MILICIA



Pegando a onda dos atos de ataques de terrorismo em quase todo mundo. Aqui no Brasil a um passo para as olimpíadas é as forças do esquema de segurança da grande festa as primeiras vítimas.

Agentes da Força Nacional alojados no Condomínio Vila Carica, estão tendo de se submeter às ordens da milícia na Zona Oeste do Rio.

Segundo denuncia dos agentes, eles estão proibido de circular armados na localidade próximo ao alojamento e instalar internet.

O Estado apurou que a instalação de qualquer serviço de internet no condomínio foi vetada pela milícia que atua na região do Anil e da Gardênia Azul, favela que fica ao lado do empreendimento.

Os milicianos lucram com o fornecimento de sinal e impõem monopólio no serviço, até mesmo para os agentes deslocados para o Rio.

Ainda seguindo as regras da milicia os agentes não podem portar com nada que os identifique como policiais.



Os soldados estão alojados no condomínio Vila Carioca, que faz parte do Minha Casa Minha Vida.

Os apartamentos, contudo, foram entregues inacabados, sem qualquer tipo de mobília.

Os chuveiros não foram instalados e parte dos apartamentos, segundo relatos de militares, apresentam infiltrações.

O Ministério da Justiça informou por meio de nota que irá apurar as denuncias sobre as regras impostas pela milicia e encaminhá-las à Policia Federal.

Associação Nacional de Praças (Aprasc), entidade que representa os soldados. Classificou a jornada de trabalho como "desumana".

Afirmou ainda que "as condições de acomodação não respeitam minimamente a dignidade humana".

Diário Goiás News/ Extra

 
Design by Wordpress Theme | Bloggerized by Free Blogger Templates | hospedagem ilimitada gratis