s

s

11/11/14

CENAS FORTES/ MENINA DE 16 ANOS MORRE EM ACIDENTE

Mychelly Ferreira de Oliveira 16 anos

Um acidente no dia 10/11 na Avenida Governador Magalhães Pinto no bairro Alcides Rabelo da cidade de Montes Claros/MG, vitimou uma adolescente de 16 anos.

A adolescente foi identicada como Mychelly Ferreira de Oliveira e estava na garupa com possível namorado que fugiu do local sem prestar socorro.

O motociclista ainda desconhecido deve  ter perdido o controle da direção bateu no meio fio vindo parar com a colisão com poste de energia.

Com o impacto da batida Mychelly sofreu ferimentos graves na cabeça e não resistiu morrendo antes da chegada do socorro.



Festmega Noticia/Plantão Policial

QUADRILHA ASSALTA DUAS AGÊNCIAS AO MESMO TEMPO

Banco do Brasil e Banco do Amazônia

Uma quadrilha fortemente armada assaltou dois bancos em Araguaçu/TO e ainda trocou tiros com a policia local.

Cerca de seis homens  armados com fuzis invadiram a agência dos Bancos da Amazônia e do Brasil, roubaram dinheiro e fizeram funcionários e clientes de reféns,

Dois carros de moradores foram usados na fuga uma camionete da qual os reféns foram colocados na carroceria e um carro de passeio.
Um segurança de um dos bancos foi usado como escudo humano de proteção para os bandidos segurando no para-brisa do carro.

Segundo o segurança eles andaram cerca de 3km e mandaram ele descer.

"Eles andaram cerca de 3km e mandaram eu descer na saída da cidade", conta o segurança.

Os outros reféns foram soltos a 20km de Araguaçu.


As forças de segurança publica continua na busca dos bandidos. As cidades de Gurupi, Formoso do Araguaia, Sandolândia também segue na busca deles.

Até o momento não há registro de feridos e a quantia do dinheiro roubado não foi divulgado.


Lembramos que em dezembro do ano passado as mesmas agências foram roubadas que também na época houve troca de tiros com a polícia e cinco reféns foram levados.


Festmega Notícias/Fotos reprodução/G1







10/11/14

POLICIA FEDERAL DE OLHO EM POSSÍVEL ATAQUE TERRORISTA NO BRASIL

Documentos da Polícia Federal mostram claros indícios da atuação dos extremistas muçulmanos libaneses, cujo nome significa “Partido de Deus”, na região de fronteira entre Brasil, Argentina e Paraguai.

Segundo esses documentos ha fortes indícios da ligação do grupo Hezbollah e o 1º comando da capital PCC.

Essa união tem como atividades criminosas o tráfico de drogas, armas e explosivos.

E o tal do " toma lá da cá." O Hesbollah patrocina o material e PCC garante a proteção de seus membros presos no Brasil que na sua maioria se encontra em São Paulo e no Paraná.

E do conhecimento da Policia Federal e entrada pelo Paraguai de carregamentos de material fortemente explosivo C4 e que esta sendo comercializado no Brasil a baixo preço.

Em um monitoramento da PF mostra a intenção de um ataque terrorista no Brasil. As autoridades norte-americanas defende que a região da tríplice fronteira sempre foi palco de atuação de grupos ligados ao terrorismo. O governo dos EUA aponta também que o dinheiro do tráfico de drogas constitui uma das principais fontes de financiamento de grupos terroristas.

Um relatório emitido pelo EUA, mostra como Hezbollah vem agindo na fronteira mais o governo brasileiro desconhece essa ação.

Para o Comitê de Segurança Nacional dos EUA o Hezbollah liderado por Rabbani é acusado de planejar os ataques terroristas contra judeus em Buenos Aires em 1992 e 1994. O irmão de Rabbani vive no Brasil e teria envolvimento com recrutamento de pessoas que são posteriormente treinados na Venezuela e no Irã.

Festmega Notícias


09/10/14

O vírus ebola mais perto de você

Após a morte de Thomas Eric Duncan a primeira pessoa diagnosticada com ebola nos Estados Unidos.
Os moradores de Dallas estão sendo monitorados sob risco de contaminação.
48 pessoas tiveram contato direto com Duncan no período contagioso da doença.
Outras quatro pessoas que moraram no mesmo apartamento que ele, seguem isoladas em um outro local.
Segundo as autoridades americanas, todas as pessoas serão monitoradas por 21 dias que é o tempo da incubação do vírus.
Duncan chegou nos EUA dia 19 de setembro sem apresentar sintomas, vindo da Libéria onde possivelmente se contaminou.
Segundo dados da Organização Mundial da Saúde, o vírus "ebola" já matou quase 4,000 pessoas na África Ocidental e o número de infectados é o dobro.
Na Libéria moradores acreditam que Duncan pegou o vírus apos ajudar uma mulher enferma a entrar em um táxi. 

Festmega Notícias