s

s

23/06/16

TENENTE CORONEL RICARDO ROCHA É ABSOLVIDO

O Tribunal do Júri da comarca de Rio Verde absolveu, nesta quinta-feira (23), foram unânimes em absorver o TCPMGO Ricardo Rocha.

Ricardo Rocha hoje Comandante do Policiamento de Goiânia, foi levado a julgamento em razão de uma denúncia formulada em 2006 pelo MPGO pela morte do traficante de drogas Alessandro Ferreira Rodrigues, conhecido como Nego Léo, em suposta prática de grupo de extermínio.

Duas qualificadoras foi imposta e ele: motivo torpe e recurso que dificultou a defesa da vítima.

O julgamento terminou no fim desta tarde (23) e esteve sob a presidência do juiz Felipe Morais Barbosa.

O Conselho de Sentença reconheceu a materialidade do fato e negou a autoria delitiva imputada ao tenente-coronel na denúncia. No decorrer do julgamento, o MPGO pediu a absolvição de Ricardo Rocha por ausência de provas e a defesa sustentou a negativa de autoria, enfatizando a contradição nos depoimentos das testemunhas de acusação.

Se há resistência, há confronto. Todos temos família e a defesa é natural na nossa profissão. Também nos sentimos inseguros muitas vezes. Somente nos últimos meses quatro policiais morreram pelas mãos de marginais e nunca sabemos se voltaremos vivos para casa”, Assim TC-Ricardo Rocha definil o sentimento de insegurança que aflige os policiais no cumprimento do dever, não só do Estado, mas do Brasil.

Questionado pelos defensores sobre sua conduta ao longo dos anos no exercício da sua atividade, o tenente-coronel lembrou que nunca sofreu nenhuma sindicância dentro da PM por desvio de comportamento,

“Tivemos resultados eficazes por onde passamos",  destacou as operações em combate a criminalidade por onde atuou:Rio Verde,  Formosa, Caldas Novas e Goiânia.

Entre lágrimas, ele contou o constrangimento sofrido quando ficou preso por dez meses em uma penitenciária federal e de como esse fato afetou sua vida pessoal e profissional. “Sofri muito, fui algemado publicamente e acompanhado por vários agentes penitenciários federais dentro do avião. Mas existem momentos na vida que precisamos ser fortes. Não guardo mágoa, só quero limpar o meu nome e ter credibilidade com as autoridades. Acredito no trabalho desempenhado pelo Poder Judiciário e deposito aqui a minha confiança”, salientou.

Diário Goiás News/TJGO

17/06/16

PRESO PADRASTO E MÃE ACUSADO DE ESTUPRAR BEBÊ DE 1 ANO

Padrasto de 17 aninhos é uma mãe de 22 anos foram presos, acusados por omissão, tortura, estupro e espancamento de vulnerável a um bebê de um ano e quatro meses,

O horripilante crime ocorreu em Manaus/AM no domingo passado.

O padrasto confessou todo o crime, alegando que estava sobre efeito de drogas.

Já a mãe nega fielmente participação no crime. Negou diante da polícia não ter conhecimento dos fatos ocorrido com seu filho.

A pediatra que atendeu a criança em uma unidade de saúde na capital contou ao G1 que o menino tinha diversas marcas de mordidas, hematomas de espancamento por todo corpo e ferimentos no pênis. Na ocasião, a família negou à reportagem que tivesse ocorrido violência contra o bebê.

Segundo a Delegada da DPCA local, informou que o suspeito relatou, em depoimento, ter sufocado o bebê em vários momentos e afirmou não entender como a mãe não ouviu o choro da criança, já que o menino gritava muito. Além disso, ele dormia na cama entre os dois.

A mãe e o padrasto foram indiciados por crime de tortura e estupro de vulnerável. A mulher também vai responder criminalmente por omissão.

 
Vitima

Diário Goiás News/G1


13/06/16

GUARDA CIVIL METROPOLITANA PRENDE SUSPEITOS DE ASSALTOS NO EIXÃO



O projeto Eixo+Seguro, uma parceria entre a Metrobus e Guarda Civil Metropolitana de Goiânia parece ta dando bons resultados.

A cada dia uma quadrilha de assaltantes é presa devido a uma boa estratégia de prevenção e proteção ao cidadão criado pela GCM/Goiânia.

Domingo dia 12/06 não foi diferente equipe da GCM em patrulhamento as margens da Av. Anhanguera por volta das 18h, se deparou com solicitação de apoio a uma vitima de roubo.

Sem medir esforços um cerco foi realizado e em poucos minutos foi feito a detenção dos autores do roubo.

Todos os suspeitos foram entregues a Central de Flagrante de Goiânia para as devidas providencias policial.


Diário Goiás News/GCM/Goiânia



12/06/16

ACIDENTE NO VALE DOS SONHOS EM GOIÂNIA DEIXA TRÊS MORTOS...

Imagens do local

Um grave acidente no Residencial Vale dos Sonhos em Goiânia, resultou na morte de uma criança de 7 anos e dois adultos neste sábado(11).

Segundo relatos da Policia Civil/GO, o veículo Corsa trafegava na BR-153 sentido Anápolis/Goiânia, quando ao passar em frente ao Vale dos Sonhos o motorista perdeu o controle do carro vindo a entrar na rua de entrada do Bairro e colidir com duas motos que vinha no mesmo sentido.

Duas das vítimas fatais, uma mulher de 40 anos e uma criança, foram arremessadas de uma das motocicletas a uma distância de 15 metros aproximadamente. Um homem de 39 anos que trafegava em outra moto também atingida morreu na hora.

O motorista que provocou o acidente fugiu. Dentro do carro do suspeito, a polícia encontrou uma garrafa de bebida alcoólica.