09/10/2017

BIOMETRIA DETECTA ELEITOR COM 52 TÍTULOS EM SEU NOME

Posted by   on

Biometria

De 64 milhões de títulos eleitores, 25 mil eram duplicados e multiplicados, descoberta feita pelo TSE após o cadastramento biométrico.

Segundo o TSE ( Tribunal Superior Eleitoral ) ao confrontar as digitais, descobriu vários títulos no nome de uma só pessoa, detectando a intenção de fraude e prática do crime de falsidade ideológica.

Uma única pessoa foi detectado pela biometria,  com 52 títulos eleitorais, 52 carteiras de identidades e 52 CPFs.

Essa pessoa em posse destes documentos, poderia retirar 52 benefícios do Governo como o Bolsa Família e o INSS.


O número de eleitores com a biometria cadastrada, até o momento, representa 44% das mais de 146 milhões de pessoas aptas a votar, e o objetivo é alcançar cerca de 80 milhões até o ano que vem. 

E vale lembrar que o cadastramento biométrico, porém, ainda não é obrigatório em todos os municípios.

Objetivo da Biometria

Para o TSE a  biométrica é necessária para garantir que o eleitor seja único no cadastro eleitoral.  Pois não há duas digitais no mundo. 

Sendo assim não há a mínima possibilidade de uma pessoa se passar por outra no momento da votação.

A biometrias eleitoral começou em 2008, em um projeto piloto em três municípios do Brasil que, juntos, tinham mais de 40 mil eleitores:

A Justiça Eleitoral estima que até 2022 todos os eleitores já tenham cadastramento biométrico, porém o presidente do TSE, ministro Gilmar Mendes, disse que isso seria possível até 2020.

Estadão

Nenhum comentário:
Write comentários

Hey, we've just launched a new custom color Blogger template. You'll like it - https://t.co/quGl87I2PZ
Join Our Newsletter